905010687114501
 

A preguiça é um sério problema

Atualizado: 17 de jan. de 2021


Olá, me chamo Alexandra Bitencourt. Sou criadora do perfil Cristão de Virtudes no Instagram (@cristaodevirtudes).

Estou muito lisonjeada de receber o convite da Amanda Buttchevits de poder publicar os meus textos aqui no blog. Com a graça de Deus espero poder contribuir para seu processo de amadurecimento espiritual e pessoal!

No texto de hoje gostaria de abordar sobre “a preguiça” que muitas vezes nos domina e nos paralisa quando queremos alcançar os nossos objetivos.


Sinceramente não sei dizer quantos dias, meses ou anos já se passaram só sei que chegou um momento em que eu percebi que ficar me lamentando e me prendendo das coisas que eu amo, não me fazia bem.

Tantas vezes me vi acomodada com a rotina, com o conforto que o mundo e as pessoas me ofereciam que esqueci que a vida pode ser mais divertida e diferente se aprender a fazer sempre aquilo que amamos, deixando as incertezas e os medos de lado.

A preguiça é um sério problema, pois muitas vezes deixei ela me prender e perdi várias oportunidades de fazer diferente, inovar e acabei não vivendo novas situações.

Percebi que viver assim não me dá à liberdade de conhecer meus limites e fico presa no medo de tentar, de não saber esperar aquilo que desejo e acabar desistindo de seguir e conquistar aquilo que realmente amo.

Mas uma coisa eu sei é que preciso mudar cada passo para conquistar novos ideais. É preciso coragem e atitude para começar de novo, realizar seus sonhos e metas, o tempo é curto e o passado não volta, mas podemos mudar o hoje e fazer diferente no futuro.

O verdadeiro desafio acontece quando caímos e levantamos com mais força de começar de novo e com isso construímos mais uma nova página no nosso livro da vida.

O medo pode nos impedir de fazer algo que sabemos que lá, no fundo, somos capazes de fazer. Ele nos paralisa e no final nossos sentimentos não são nada, no fim de cada princípio existe uma promessa.

A razão pela qual não estamos alcançando nossos objetivos, é por que colocamos tudo em nossos sentimentos e deixamos tudo para depois. Se queremos algo vamos fazer e vamos dar o máximo para ter o que queremos, não é fácil e eu sei que somos capazes de conseguir.

Somos nós que decidimos se “Vamos viver cada dia como se fosse o último? ”.

Há um excesso de intenção e uma falta de ação, por exemplo: falamos que amamos demais o nosso próximo e isso só fica na intenção e na fala quando, na prática, não demonstramos esse amor.

Almejamos muitas coisas e não buscamos os meios para alcançá-las. Iniciamos muitas atividades e projetos, mas pela falta de foco não conseguimos entregar nada com qualidade ou nem menos concretizar.

A falta de foco e ação, distância de quem nós realmente somos ou deveríamos ser.

Precisamos realizar aquilo que é único na nossa vida e realiza-lo bem e no ato de realizar aquilo que é único se preparamos para ter motivação e passamos a levantar de manhã com o propósito de agregar valor a algo, se enquadrar em uma situação e saber que as pessoas vão sentir falta caso não apareça.

Temos que acreditar no que realmente somos capazes de fazer. Porque podemos mudar nosso cabelo, nossa roupa, nosso endereço, nosso namorado, nossa residência, nossa faculdade, nosso trabalho, mas se não mudar a mente, as mesmas experiências se repetirão para sempre porque todo o exterior mudara, mas nada no nosso interior vai ter mudado.

Se queremos algo na nossa vida vamos ter que mudar, se queremos conseguir algo, se temos alguma meta a alcançar, teremos que mudar nossos comportamentos e superar nossos maus hábitos e dificuldades é difícil, é, mas a maioria das pessoas passa a vida sem nunca descobrir quais são seus talentos.

E eu sei que quem quer faz diferente, e que quem não quer, inventa uma desculpa.


Quando estamos para baixo com problemas parece que tudo ao nosso redor está dando errado? Precisamos pensar melhor!

Será que não temos escolhas a serem tomadas?

Não é nós mesmos que fazemos as coisas parecerem ruins?

Podemos optar em perder nosso dia desanimado e deixar o tempo passar sem tirar nenhuma lição e aproveito do dia, ou podemos sorrir e assim dar metas ao nosso dia e ser o que somos de melhor.

As escolhas são nossas, somos donos dela então é nas piores dificuldades que devemos mostrar quem somos, mostrar nossa capacidade.

O sucesso vem a partir das dificuldades, tem que suar a camisa se queremos ser alguém na vida e para isso devemos dar o nosso melhor e não desanimar por qualquer coisa, temos que confiar que tudo podemos.

A única coisa que vai nos deixar feliz hoje é arriscar, é descobrir do que somos capazes, é descobrir este incrível poder de seguir insistindo no que estiver nos segurando e poder chegar ao outro lado do nosso eu verdadeiro acreditando na capacidade de desenvolver trabalhos para alcançar nossos objetivos e dizendo a nós mesmos diariamente: ‘’Hoje é um novo dia, aqui vou eu de novo.”.


Desde que criei o Cristão de Virtudes, estou sempre buscando levar amor, esperança e fé aos que me acompanham o mesmo que faz a Amanda. Por isso, te convido a nos seguir nas redes sociais e também ajudar a levar mais adiante esse projeto, compartilhando nossos conteúdos com as pessoas que você ama e que talvez encontrem sentido nesta mensagem!

Não poderia deixar de mencionar aqui a Amanda que me deu a oportunidade de escrever no blog da Senhorita Moda Comportada. Eu a acompanho a tanto tempo e o que mais me inspira nela é seu jeito alegre de viver. Obrigada Amanda pela oportunidade!

Segue abaixo nossas redes sociais, serão sempre muito bem vindos (as):

Instagram - @cristaodevirtudes e @amandabuttchevits

YouTube - Cristão de Virtudes e Amanda Buttchevits

Obrigado por ler, seja bem-vindo(a)!

Se gostar deixe seu comentário e compartilhe para ajudar na divulgação. Abraços!






71 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Ser mariana é ser modesta sem compromisso, é ser “como Maria”, a Mãe de Cristo. Para se vestir com modéstia, é necessário seguir algumas normas marianas: 1. Use saias, vestidos abaixo dos joelhos e bl