top of page
Buscar

O obedecer é melhor do que o sacrificar.

Essa frase, em todas as vezes que aparece na biblia, não desqualifica o sacrifício. Este era um ato que fazia parte do cumprimento da lei que o próprio Senhor havia imposto para o antigo testamento, a obediência e o sacrifício andavam juntas, sendo que o sacrifício era parte da obediência. Quando você analisa os contextos que a expressão é usada, você percebe que oque está em jogo são as intenções por trás do sacrifício. Vemos na passagem de Samuel, por exemplo, que ele estava advertindo Saul pois ele desobedeceu e queria usar o sacrifício como forma de fugir da sua própria culpa. No livro de Oseias vemos outro exemplo, e nesse caso Deus expôs que as nações desobedeciam já com a intenção de sacrificar e limpar-se da culpa. Dessa forma, entendemos que

Deus estava confrontando um povo que agia como se o intuito do sacrifício fosse um passe livre para a desobediência. Hoje nós não sacrificamos como no antigo testamento, mas continuamos ofertando à Ele a nossa adoração, o fato é que Deus sabe das nossas intenções. Não adianta você levantar as mãos o mais alto possível, cantar o mais intenso que puder, gritar para todos ouvirem, se você só está tentando

"amolecer" o coração de Deus, você não precisa tentar surpreende-lo, você precisa ser sincero. Você sabe que Ele te ama e está sempre pronto a perdoar, mas querer usar isso de forma consciente para poder pecar não te dá direito de perdão, Deus sabe tudo e perdoa quando há arrependimento genuíno. Agora mesmo você pode rever suas intenções e se abrir para Ele, seja verdadeiro. Faça de seu coração um verdadeiro altar, e depois disso, ofereça sua melhor adoração, aí sim Ele receberá e se agradara dela.


Amanda Buttchevits

57 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


  • Whatsapp
bottom of page